4 maneiras de controle de ruído no seu hospital veterinário

4 ways to control noise in your veterinary hospital
Seus pacientes caninos podem transformar sua clínica de calma para caótica com um ganido – e levar seus funcionários de agradáveis para angustiados. Leve essas dicas para driblar o barulho durante sua nova construção ou reforma.

Por Portia Stewart, DVM 360

Você já esteve em uma cirurgia ao longo de oito horas ininterruptas, em uma sala ao lado de um canil? Alto não é nem o começo. Ainda assim, é uma das maiores reclamações que C. Scott Learned, presidente da Design Learned em CN, EUA escuta de veterinários sobre suas instalações. Learned é um engenheiro especializado em problemas como controle de ruídos, controle de odores, problemas mecânicos, e sistemas de encanamento para instalações de saúde animal.

“Barulho é definitivamente estressante para membros da equipe e clientes”, diz Learned. “Os latidos podem ser ensurdecedores, e não é algo que pode simplesmente ser ignorado.”

Embora o controle de ruídos provavelmente esteja na sua lista de coisas a fazer ao planejar uma planta, Learned diz que na prática, esta é frequentemente uma área onde ele vê veterinários cortando arestas – com resultados disastrosos. E assim como a prática da medicina, onde a prevenção é crucial, é muito mais fácil prevenir ruídos agora do que tentar corrigir o problema em uma instalação que foi construída com falhas no controle de ruídos. Vamos discutir por que o ruído é importante – e como ele pode ser parte do seu plano antes que seu arquiteto desenhe o primeiro rascunho das instalações do seu sonho.

Imagine entrar em um quarto onde você vê, cheira e ouve várias ameaças ao redor de você, e é fácil compreender por que cães latem. Mas o resultado pode ser uma experiência menos que agradável para sua equipe; o ambiente ensurdecedor pode ter um resultado direto no serviço que você presta, segundo Learned. Por exemplo, em um canil sem tratamento acústico, o barulho pode atingir níveis acima de 90 decibéis, que excedem os limites de exposição da OSHA (a agência federal de segurança e saúde ocupacional nos EUA). Isso não é um nível de ruído fácil de ignorar, adiciona Learned. E se membros da equipe estão desconfortáveis, eles podem tomar menos tempo limpando gaiolas e interagindo com animais.

Em tais situações de barullho, diz Learned, pode parecer impossível pensar ou mesmo comunicar com a pessoa mais próxima. “É um tipo de ruído angustiante”, diz Learned. “Não é como um ruído contínuo de fundo. Estive em canis onde mesmo comunicação simples com a pessoa ao seu lado exigia gritos.”

Barulho em excesso também é estressante para animais, e alguns podem exibir diarréia, inabilidade de comer, inabilidade de evacuar, ou um conjunto de outros sinais, diz Learned. Não é um bom começo para o ambiente de saúde que você quer criar, não é? As boas notícias: existem algumas soluções concretas que podem eliminar a maioria dos problemas de controle de ruídos.

1. Mude seu comportamento
Modificar suas próprias ações pode fazer uma grande diferença quando se trata de controle de ruídos, diz Learned. Isso pode ser simples como levar cães ao consultório de maneira diferente. Primeiro, ele diz, é melhor separar cães em grupos menores.

“Se você está projetando uma nova construção, você deve cogitar três salas ao invés de uma grande sala de contenção”, diz Learned. “Dessa maneira você pode por vários cães que gostam de latir juntos. Então você pode usar uma sala diferente para cães mais silenciosos, e uma terceira para cães sob sedação e idosos.”

A segunda parte do comportament, diz Learned, é criar um ambiente que atenue latidos. Ele diz que existem duas razões que causam latidos: ruído e outros latidos. “Cães são animais de matilha, sociais”, diz ele. “Eles respondem a ruídos distantes mais prontamente do que a ruídos bem na frente deles. Cães nem sempre latem quando eles enxergam você indo por comida a eles. Mas se eles ouvirem uma porta de carro batendo ou um cão latindo longe, eles vão responder quase sempre.”

Uma solução, diz ele, é criar sistemas de isolamento acústico nas paredes, para que cães não escutem esses barulhos distantes. Você também quer evitar janelas dispostas para o estacionamento se os seus canis forem desse lado do prédio. Ver e ouvir cães pulando de carros, e ouvir portas batendo e pessoas conversando pode provocar um frenesi em seus residentes em um piscar de olhos. Segundo, ruídos de fundo como música clássica podem minimizar sons que animais – e pessoas – ouvem. A terceira solução é estar atento ao seu sistema de ventilação, aquecimento e ar condicionado.

2. Isole odores caninos
Seu sistema de controle de temperatura ambiente possui alguns papéis no seu controle de ruídos. Primeiro, diz Learned, quando cães cheiram outros, eles ficam nervosos. Então, manter as enfermarias de cães em uma zona separada das outras áreas da clínica irá minimizar os odores que animais que estão esperando e chegando sentem. Segundo, ele diz, seus dutos de ar condicionado central podem ser um canal aberto para ruídos – literalmente direcionando ruído para outros locais da sua clínica.

Investir em um ar condicionado central é uma solução de alto custo/benefício para controle de ruídos”, diz Learned. “Geralmente recomendo um sistema de ar condicionado isolado para áreas de canis ou enfermarias, em suas próprias zonas. Geralmente encontro essas áreas com pouca ventilação e filtração, então existem vários benefícios”.

3. Divida e conquiste
Sua planta possui papel vital em quão eficientemente você poderá controlar ruídos na sua clínica, e é por isso que Learned diz ser recomendável envolver seu especialista em acústica já no primeiro encontro com seu arquiteto. Isso ajudará a evitar problemas comuns de planta.

Por exemplo, Learned diz que frequentemente ouve veterinários frustrados de escutar latidos o dia inteiro, enquanto tentam fazer cirurgias ou oferecer cuidados na área de tratamento. Pense em posicionar canis bem longe das áreas de cliente e tratamento, pondo eles do outro lado de uma área de utilidades, lavanderia ou mecânica.

Learned também recomenda utilizar corredores para separar canis e alas. Se você caminhar com um cão através de dois canis diferentes para chegar a um terceiro, você desencadeará uma corrente de latidos pelo prédio. Um corredor elimina o gatilho visual. Outra solução é instalar portas com acesso à area exterior, para que cães consigam sair da área de canil e membros da equipe não precisem caminhar com o animal pelo hospital inteiro até encontrarem com o dono.

4. Conheça o ruído que você não pode controlar
Enquanto um cão latir, você precisa planejar uma certa quantidade de ruído em algumas áreas da clínica. Learned diz que nenhum controle de reverberação vai prevenir que você escute cães ao caminhar por essas áreas. “Quando cães estão latindo para você em um sistema de gaiolas, você escuta o barulho diretamente nos seus ouvidos”, diz ele. “E não há quantidade de materiais no teto que possam fazer uma diferença em como você escuta esse ruído direto.”

Você pode controlar alguma transmissão de sala para sala, instalando portas com isolamento acústico, diz Learned. É uma mudança relativamente barata que traz um grande benefício.

O controle de reverberação dentro de uma sala funciona, ele adiciona, em locais como salas de recepção, áreas de treinamento, ou creches de filhotes. Mas pode ser um desafio encontrar um meio-termo entre o que é à prova d’água e oferece isolamento acústico, e algo que cães não vão roer. Essa é uma área que você vai querer gastar tempo trabalhando com seu expert em acústica para encontrar o material certo.

“Digo a veterinários que o consultor de acústica deveria se envolver desde o início”, diz Learned. “Muitas coisas em controle de ruídos estão relacionadas a decisões na planta, na construção, ruídos externos e do imóvel.”

Portia Stewart é escritora freelancer e antiga editora da Revista Firstline.

Traduzido e adaptado de DVM 360.

A ambiência e seu volume de ruídos conta muito em uma clínica grande ou hospital veterinário, tanto para equipe (que se desgasta com o ruído ao longo do dia) como para o cliente (que não está habituado e se desgasta mais).

Busque a qualidade de vida no seu serviço, não o transforme em um pesadelo!

Animal Marketing

Anúncios

Sobre Animal Marketing
Animal Marketing é uma central de informações, eventos e recursos sobre gestão e marketing no Mercado Pet, e mais especificamente, na Clínica Veterinária de Animais de Companhia no Brasil. Entre em contato conosco! animal.mkt@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: