7 Coisas Odiáveis em um Website de Clínica

Você sabe se seus clientes odeiam seu site? Mesmo grandes empresas subestimam o poder de um site na internet, e desconhecem as inúmeras barreiras que podem existir entre o serviço e o cliente por causa dele.

Essas barreiras proporcionam uma experiência ruim para o usuário, e provocam abandono precoce de páginas, baixo índice de conversões de visitantes para clientes, baixa indexação de sites de busca e, de maneira geral, má reputação.

Então reunimos algumas coisas detestáveis em sites de clínicas, pet shops e empresas do mercado pet para você ter uma noção do que não fazer ao desenvolver seu website. Confira as piores!

1) Tocar conteúdo multimídia automaticamente no carregamento da página

Se alguém que está apreciando o que até então era uma conferida silenciosa no seu site é bombardeado com uma música aleatória, ou uma apresentação, ou um vídeo automático sem um botão óbvio de pausa, o que você pensa que essa pessoa fará? Alguns podem buscar o mute, mas fechar a janela é mais fácil. Não obrigue seus visitantes a assistirem ou ouvirem conteúdos multimídia!

2) Ter na página “Contato” apenas um formulário, ao invés de informações de contato

Não há nada de errado em ter um formulário no seu site, mas ele jamais deveria ser a única forma de comunicação entre você e seus clientes. Se seu visitante ou cliente precisa de ajuda, ele precisa imediatamente. Ele não quer preencher um formulário e esperar, quem sabe quando, por uma resposta. Permita que as pessoas entrem em contato com você por e-mail, ou telefone, ou mídias sociais, e disponibilize essas informações em seu website.

3) Uma página “Sobre nós” sem muito sentido

A sua página “Sobre nós” explica o que você faz usando jargões, ou usando palavras e frases comuns à população? Vamos brincar de tradução usando  a descrição do site Animal Marketing. Você saberia o que fazemos se tivessemos escrito assim?

“Animal Marketing tem como objetivo estimular a evolução do mercado pet através da disponibilização de conceitos e desenvolvimento de informações relevantes para o setor, que tragam valor agregado no âmbito da apresentação, oferta e gerenciamento de serviços para os profissionais de Clínica Veterinária de Pequenos Animais como um todo no Brasil.”

Hã? Vamos traduzir isso de forma mais acessível!

Animal Marketing é uma central de informações, eventos e recursos sobre o mercado pet, gestão e marketing na Clínica Veterinária de Animais de Companhia (ou Pequenos Animais) no Brasil.

Certifique-se que você não faz um uso excessivo de jargões no seu site, para que leigos possam compreender. Peça para amigos e parentes fora da sua área lerem a descrição para os melhores resultados!

4) Usar Flash

Muitos web designers usam Flash em sites de clientes, e é o suficiente para fazer qualquer profissional otimizador de buscas agonizar, bem como os visitantes do site. O problema com Flash não são as limitações, muito pelo contrário: é possível elaborar sites maravilhosos com essa ferramenta. O problema é que mecanismos de busca não conseguem ler as informações, e assim seu site não é indexado (ou seja, o conteúdo dele é invisível para o mecanismo de busca). E mais outro problema: frequentemente seus visitantes estão procurando uma informação específica, e se tiverem que esperar por uma apresentação de 10 segundos para descobrirem seus horários de funcionamento, você terá um ex-futuro-cliente.

5) Horários e telefones escondidos

É comum colocar telefones e horários em lugares não muito visíveis no site, como em uma barra inferior, ou em um menu exclusivo, e muitas clínicas espalham essas informações pela página. A grande maioria dos seus visitantes estará interessada justamente em seus contatos, endereço e horários de funcionamento. Ajude-os a entrar em contato com você: ponha essas informações em evidência e concentre-as!

6) Falta de acessibilidade móvel

Hoje acessamos sites pelo celular com uma frequência sem precedentes. Seu site é amigável para visualização por celulares? Muitos sites não possuem estrutura para acesso móvel, o que torna-os um teste para a paciência de qualquer futuro cliente.

Se você não pode ou não quer reformular seu site para otimizar o acesso móvel, tenha ao menos uma página de entrada simplificada e com as informações de contato que seja acessada automaticamente por visitantes utilizando celular.

7) O Pior de Todos: Confundir o visitante

Se alguém chegar ao seu site, ele saberá onde clicar? Talvez ele ache seu site horroroso de forma geral, mas seus visitantes podem relevar muita coisa se ele for claro, estruturado e interessante. Inclua um cabeçalho claro, uma página sem jargões que explique o que você faz e um engajamento por página claro que mostre ao visitantes o próximo passo – seja assinar o seu blog, assistir a um vídeo ou qualquer outra ação que você espera que seus visitantes façam no seu site.

Seu site não deve agradar a você, mas sim aos seus clientes – você os conhece? Mantenha isso em mente ao desenvolver seu site, e faça com que ele trabalhe para você.

Sucesso!

Animal Marketing

Anúncios

Sobre Animal Marketing
Animal Marketing é uma central de informações, eventos e recursos sobre gestão e marketing no Mercado Pet, e mais especificamente, na Clínica Veterinária de Animais de Companhia no Brasil. Entre em contato conosco! animal.mkt@gmail.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: