Promoções do Banho & Tosa

Trabalhar com promoções é algo muito delicado de se fazer. Mas e quando você precisa estimular clientes a utilizar seu serviço em dias de menor movimento, como terça ou quarta-feira?

1. Trabalhe com hora marcada nos dias de maior movimento, e estimule o cliente a usar dias de menor movimento
Trabalhar com hora marcada facilita administrar a satisfação do cliente. O encaixe é sempre arriscado, e em dias de alta movimentação é bem fácil perder controle da linha de produção predispondo duas situações :

  • Animais atrasarem muito, com clientes de primeira viagem tendo uma grande decepção. Ok, deu tudo certo no final, mas o efeito cumulativo de alguns clientes promovendo boca-a-boca negativo pode ser devastador.
  • A equipe não atender às expectativas, com banhos mal-feitos, acidentes de todo tipo, mal-entendidos sobre cada serviço bem como esgotamentos, atritos e desentendimentos entre si.

A clientela excedente do final de semana (que normalmente seria mal-atendida se por encaixe) terminará por ir nos dias de semana. A partir disso, faça uso de promoções apenas naqueles dias de menor movimento, como terça ou quarta-feira. O que nos leva ao segundo item…

2. Jamais coloque em promoção o seu produto-núcleo
Se você quer fazer uma promoção no seu setor de estética, ela deve abordar itens acessórios ao serviço, como hidratações, corte de unhas, perfumes diferenciados ou tosas higiênicas. Jamais ponha em promoção o banho em si; isso estimula a formação de uma clientela que frequentará sua empresa apenas pelo preço reduzido, o que por sua vez estimula um ciclo degenerativo no seu serviço (lembre-se também que o preço é a característica mais fácil de ser copiada pela concorrência).

3. Priorize clientes antigos e fiéis
Ofereça as promoções para clientes antigos, fiéis e bons pagadores – isso estimula o boca-a-boca positivo e valoriza esses clientes. Clientes novos ao serem incluídos em promoções ficam habituados desde o começo a pagarem menos pelo seu serviço. Já seus clientes antigos, que estão com você porque gostam da conveniência já existente, serão surpreendidos de forma muito agradável.

4. Não exagere
Todo cliente gosta de promoções, mas elas podem ser destrutivas para o seu negócio se forem regulares e infinitas. Intercale períodos sem promoção para não desgastar sua marca! A promoção não deve ser integral ao serviço de estética, mas sim uma “isca”.

Use as promoções a seu favor – elas são ferramentas para alavancar a demanda por um serviço, mas jamais devem ser essenciais para isso. Antes de tudo, trabalhe com qualidade para seus clientes e colaboradores!

Shand Lenim é empresário, médico veterinário, consultor e palestrante no mercado pet, e dirige o site Animal Marketing

 

Anúncios

Série Como Falar Bem – Você S/A

Atualmente o mensageiro é tão importante quanto a mensagem. Uma série da revista Você S/A muito importante para profissionais do mercado pet, especialmente médicos veterinários e demais profissionais liberais da área. Assista aos 9 vídeos da série e comunique-se melhor com clientes e colaboradores!

Animal Marketing

7 Pontos Cegos Comuns de Credibilidade – e como eles podem afetar sua imagem

por Cara Hale Alter

Preocupado sobre como passar uma boa impressão nos negócios? Aqui estão sete maus hábitos que poderiam sabotar sua credibilidade.

Cuidado com seus pontos cegos de credibilidade. Esses comportamentos são inconscientes, mas podem afetar sua imagem. Pior ainda, podem ser irritantes e distrair a todos…menos você.

A boa notícia é que uma vez que você identifique seus pontos cegos, você pode tomar medidas para eliminá-los. E em um mundo empresarial hipercompetitivo e acelerado, a hora de fazer isso é agora.

Hoje suas credenciais podem colocá-lo no lugar certo. Mas para realmente ter sucesso, você precisa transmitir credibilidade onde mais importa: nas interações pessoais. Seja em encontros individuais ou apresentando-se para uma sala lotada, sua credibilidade estará imediatamente sendo avaliada.

Então como descobrir seus pontos cegos de credibilidade? O caminho mais certo é o de filmar a si mesmo em um ambiente empresarial típico (smartphones tornam isso mais fácil do que nunca). E, embora existam inúmeros comportamentos para procurar, sete pontos cegos são mais comuns:

1. Utilizar inserções de som. Inserções de som são sons ou palavras supérfluas, como “hum” e “olha só”. Hoje, essas inserções estão presentes em nossa cultura, inclusive no mundo dos negócios. Uma CEO jovem e inteligente disse recentemente para a sua equipe: “Então, eu meio que, na verdade, realmente acredito que temos uma oportunidade para, hã, você sabe, meio que realmente levarmos esta plataforma para um novo nível. Então nós meio que, hã, precisamos entrar, você sabe, com toda a força.” Ele queria entusiasmar sua equipe, mas as inserções extinguiram toda a paixão.

Dica rápida: Acolha a pausa tática. Em vez de inserções, simplesmente pare enquanto sua mente busca a próxima palavra.

2. Fazer movimentos estranhos. Movimentos estranhos – como sacudir seu joelho, balançar sua cabeça, ou deslocar seu peso – enfraquecem seu poder pessoal. Você talvez diga, “não consigo evitar. Simplesmente não consigo ficar parado.” Na verdade, excesso de inquietação é um comportamento auto-reconfortante. A quietude demonstra que você está calmo e confiante.

Dica rápida: Teste a sua capacidade de literalmente manter a cabeça no lugar. Dobre um par de meias grossas e equilibre-as em sua cabeça. Tente falar por vários minutos, sem deixar as meias caírem.

3. Auto-comentários. Quando você se sente auto-consciente, é muito fácil exagerar cada erro seu. Se você tropeçar em uma palavra, você pode pedir desculpas, fazer uma piada (“chega de café para mim”), ou recorrer a reflexos não-verbais, como balançar sua cabeça ou encolher os ombros. O problema com este “auto-comentário” é a externalização da sua preocupação com sua crítica interna. Erros acontecem; corrija-os e siga em frente.

Dica rápida: “Fictionary” é um jogo onde os jogadores compõem definições falsas de palavras obscuras. Jogue com seus amigos ou familiares como uma maneira divertida de aprender a ignorar seu crítico interior.

4. Desencaixar inflexões vocais ascendentes. Você provavelmente trabalha com alguém que fala em “alta rotação”: usando inflexões ascendentes que parecem com pontos de interrogação no final das frases. Este padrão vocal é generalizado – e contagiante. Fique atento em não aderir.

Dica rápida: Leia um artigo em voz alta com fortes inflexões descendentes. Comece cada frase em meio a alto tom e diminua para baixo no final de cada frase.

5. Encolher-se. Se você é como a maioria das pessoas, quando você se sente intimidado, você torna-se menor para evitar ser um alvo fácil. Você pode colocar os pés mais juntos, enrijecer os braços, mergulhar seu queixo, ou diminuir o volume da voz. Qualquer um ou todos estes comportamentos dizem, “me sinto ameaçado”.

Dica rápida: Pratique sua postura em pé ideal ao longo do dia, não apenas em situações importantes, para que isso se torne habitual. Equilibre o seu peso sobre seus pés, alongue sua coluna, e alongue o pescoço.

6. Mascarar seu rosto e mãos. Comportamentos de mascaramento podem surgir quando você se sente desconfortável ou exposto. Isso possui muitas formas diferentes, como cruzar os braços, apertar suas mãos, brincar com suas roupas ou jóias, ou inexpressividade – cortar qualquer animação do rosto ou mãos.

Dica rápida: Quanto mais confortável você se sente, mais animado você fica com o seu rosto e mãos. Abra sua postura e envolva seus gestos no início de cada conversa. Pratique isso em reuniões de empresas ou eventos de networking, onde você tem a oportunidade de falar com muitas pessoas em um curto período de tempo.

7. Evitar contato visual. Você não vê atletas profissionais caindo os olhos ao chão durante a competição. Em ambientes de negócios, quando você evita o contato visual, você sai do jogo. Mantenha os olhos no horizonte e dê aos seus ouvintes o mesmo respeito que você espera deles – a sua total atenção. Não há problema em mover os olhos para o lado momentaneamente para raciocinar. Caso contrário, se a sua boca está se movendo, seus olhos devem estar em seus ouvintes.

Dica rápida: Treine-se para manter seus olhos para cima ao pensar e falar. Um exercício prático: coloque Post-Its em uma parede grande na sua casa ou escritório. Faça perguntas a si mesmo e mantenha seus olhos em um Post-it ao responder. Deixe que sua estruturação de frase seja a sua deixa para passar de um Post-It ao outro.

Cara Hale Alter é presidente da SpeechSkills, uma empresa de treinamento em comunicação com base em São Francisco, EUA, e autora do livro The Credibility Code: How to Project Confidence and Competence When It Matters Most (Meritus, 2012).

Traduzido e adaptado de Business Know How.

Você como prestador de serviços possui interações pessoais como chave do seu sucesso. Você domina a comunicação com clientes e colegas?

Sucesso!

Animal Marketing

Você Treina sua Equipe Veterinária para Etiqueta Empresarial?

Michael Jordan

“Perdi mais de 9000 arremessos em minha carreira. Perdi quase 300 jogos. 26 vezes, fui designado para o arremesso decisivo da partida e errei. Falhei inúmeras vezes na minha vida. E é por isso que tenho sucesso.” – Michael Jordan

Etiqueta Empresarial – Como Transmitir uma Ótima Impressão

Se você quiser transmitir uma boa impressão, saiba que você precisa projetar três “C”s:

Confiança
Você pode projetar confiança ao:

  • Ter uma postura reta, mas relaxada. Mantenha sua cabeça erguida e firme. Não encolha-se ou curve-se.
  • Mover-se de uma maneira natural, não forçada.
  • Manter contato visual com quem você está falando.

Competência
Você pode projetar competência ao:

  • Expor o conhecimento de seu ofício.
  • Conhecer o seu caminho em torno da agenda.
  • Estar preparado para a reunião.
  • Trazer materiais de apoio para enfatizar seus pontos.
  • Responder a perguntas de forma clara e profissional, evitando o uso de gírias ou jargões técnicos.
  • Fazer perguntas relevantes.

Credibilidade

Você pode projetar credibilidade ao:

  • Ser pontual.
  • Estar apresentável.
  • Manter-se fiel à sua palavra.


Usando Cartões de Visita de Forma Eficaz:

O networking não é completo sem receber ou dar um cartão de visita. O cartão de visita é uma forma de você acompanhar as pessoas que conheceu. Da mesma forma, é uma maneira de entrarem em contato com você para novos encontros.

  • Nunca fique sem seus cartões de visita!
  • Siga o protocolo de hierarquia. Cartões não devem ser dados a altos executivos que você conhecer, a não ser que eles peçam um.
  • Entregue seu cartão no momento mais apropriado.
  • Acompanhe seu cartão de visita com uma explicação do que você oferece.
  • Ao receber um cartão de visita, mostre à outra pessoa que você valoriza o seu cartão.


Minimizando o Nervosismo

  • Esteja informado.
  • Identifique seus gatilhos de nervosismo.
  • Pratique! Pratique! Pratique!
  • Acredite no que você tem a oferecer!
  • Aprenda técnicas de relaxamento.


Criando uma Introdução Eficaz

Três passos para se apresentar de forma eficaz:

1. Projete calor e confiança.
Muitas pessoas julgam você antes mesmo de dizer uma palavra, razão da importância de cuidar de sua linguagem corporal. Ao introduzir-se, fique em pé, relaxe e estabeleça contato visual.

2. Declare seu nome e seu sobrenome.
Dependendo da situação, você também pode declarar sua afiliação e/ou sua posição na empresa.
Exemplo: “Olá. Eu sou Jacqueline Smith. Sou o Diretor de Controle de Qualidade “.

3. Quando a outra pessoa tiver dado seu nome, repita-o em reconhecimento.
“É bom conhecê-lo, Sr. Ferreira.” Ou “É bom conhecer você, José”. Repetir o nome é um reconhecimento de que você ouviu a sua apresentação.


Regras de Celulares: Faça e Não Faça

1. Não atenda chamadas no meio de uma reunião de negócios ou uma conversa com outra pessoa. As exceções são chamadas urgentes, mas desculpe-se antes de atender. Da mesma forma, deixe o telefone no silencioso ou para vibrar quando em uma conversa social.

2. Nunca fale em ambientes íntimos ou lugares onde o silêncio é imperativo. Exemplos são elevadores, bibliotecas, museus, restaurantes, teatros, cemitérios, dentistas ou salas de espera do médico, locais de culto, auditórios ou outros espaços públicos fechados, como ônibus ou UTIs de hospitais.

3. Mantenha ligações de negócios dentro do horário comercial. Só porque é um telefone celular não significa que você pode ligar a qualquer hora.


Traduzido e adaptado de New Dimensions Veterinary Business Solutions.

Sua equipe possui noção de etiqueta empresarial? Dê o seu depoimento!

Animal Marketing

Mídias Sociais para o Mercado Pet

Na próxima quarta dia 17/10 teremos novamente a palestra Mídias Sociais no Mercado Pet, agora na Pet South America!

Nosso diretor Shand Lenim reestruturou completamente e fez uma plástica na palestra apresentada na Pet Rio Vet, com dados extremamente atuais, então vejam novamente :)

Sucesso!

Animal Marketing